Os Princípios de Uma Alimentação Saudável

Nutrição-em-Pauta-por-lurdiane-brandao-camilla-guerra

Os Princípios de Uma Alimentação Saudável

Ter uma alimentação correta não significa fazer refeições restritivas e monótonas, pelo contrário, hábitos saudáveis englobam alguns pilares essenciais que são unanimes para manter a saúde do corpo e da mente em dia, segue algumas dicas básicas para quem desejar melhorar a qualidade de vida através da alimentação.

O primeiro passo para uma mudança de hábito é, de acordo com sua rotina, estipular horários que respeitem um intervalo não muito longo entre uma refeição a outra, ou seja, comer de três em três horas. Esse passo é importante pois garante uma oferta energética ao organismo evitando hipoglicemia que gera tonteira, dor de cabeça, fadiga, atrapalhando nas atividades diárias, no caso de atletas esse fator pode acarretar um mau rendimento durante o exercício. Além disso, ter disciplina nos horários garante que o metabolismo sempre trabalhe influindo muito na perda de peso, ou na manutenção dos músculos.

O segundo passo é simples, basta acrescentar na elaboração do prato quatro leis básicas:

  1. Os alimentos devem estar em QUANTIDADES adequadas para suprir o aporte necessários de energia, vitaminas e minerais, sendo assim deve-se evitar os excessos e as restrições. Mas então quais são essas quantidades?? A imagem a seguir mostra claramente como ter uma prato em quantidades corretas.blog-camilla-guerra-lurdiane-brandão-coluna-da-lur-nutrição
  2. Além da quantidade, a QUALIDADE dos alimentos é importante, isso significa que a refeição deve ser variada contendo todos os grupos de nutrientes, quanto mais colorido o prato melhor!
  3. Busque equilibrar o prato, manter a proporcionalidade, os alimentos entre si devem ter HARMONIA, assim é garantido uma melhor absorção dos nutrientes, já que estes dependem uns dos outros.
  4. A alimentação deve manter uma ADEQUAÇÃO de acordo com as necessidades do organismo de cada pessoa. Idosos, crianças, adultos, indivíduos com doenças, gestantes, cada um possui uma recomendação diferente, e na hora da refeição é preciso adequar os alimentos para cada caso. Dai surgem algumas dúvidas.

E os atletas e praticantes de atividade física também possuem necessidades diferentes? Também precisam adequar a alimentação? Quando vão precisar usar algum suplemento?

São perguntas muitos frequentes entre os esportistas, nesse caso suas refeições devem manter o padrão das leis citadas acima, contudo, para melhorar a performance nas atividades, a dieta pode ser modulada levando a um outro estilo na alimentação, o que será assunto para os nossos próximos post’s.

Seguir esses dois passos é a garantia para uma mudança satisfatória, uma alimentação mais saudável não precisa ser um peso, cheia de limitações, desse modo você acaba por desistir. Faça do ato de comer um momento de prazer, use a criatividade na cozinha, elabore pratos coloridos, moldurados, e lembre-se, faça escolhas corretas, a sua saúde depende de você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *