O veneno que está na mesa

Nutrição-em-Pauta-por-lurdiane-brandao-camilla-guerra

 

                                                    AGROTÓXICOS FUJA DELES

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer(INCA) e da Associação Brasileira de Saúde Coletiva(Abrasco) a quantidade de veneno ingeridos pelos brasileiros anualmente é equivalente a um galão de cinco litros, desde o ano de 2008 o país lidera em primeiro lugar o ranking de consumo de agrotóxicos. Em comparação o mercado mundial desses produtos cresceu nos últimos dez anos cerca de 93%, enquanto o Brasil teve um aumento de 190%, 70% dos alimentos in natura estão contaminados por muitas vezes com substancias proibidas pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) “Isso sem contar os alimentos processados, que são feitos a partir de grãos geneticamente modificados e cheios dessas substâncias químicas”.

Agrotóxicos são substâncias químicas utilizadas no combate a pragas ou doenças nas plantas,muito utilizado na agricultura, um perigo para o meio ambiente e principalmente a saúde de pessoas.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os agrotóxicos causam entre os países desenvolvidos 70.000 intoxicações agudas ou crônicas anualmente, o uso dessas substâncias está relacionado ao aparecimento de muitas doenças entre elas o câncer. Cientistas afirmaram que até 2025 50% das crianças em nível mundial terão autismo devido ao consumo de um herbicida denominado Glifosato, Stephanie Seneff, bióloga PDH, em recente convenção anunciou que “No ritmo atual, em 2025 a cada 2 crianças, 1 terá autismo”. O glifosato é o principal componente do Roundup um herbicida criado e comercializado pela Monsanto, muito utilizado nas plantações de soja que foram geneticamente modificadas(transgênico) para criar resistência a ação desse herbicida.
Em 2008 a Anvisa determinou uma reavaliação do uso do glifosato e também outras substâncias, porém ainda são vendidos e utilizados no Brasil entre elas está o 24D também chamado de “agente laranja” substância que durante a guerra do Vietnã foi pulverizado por aviões pelo EUA na intensão de matar, deixando muitas pessoas com sequelas graves e ainda hoje muitas crianças nascem com deformações devido a ação do 24D.

Apesar de todos os efeitos negativos serem comprovados pelo uso de agrotóxicos, proibir a utilização deles não e uma tarefa muito fácil, a um apelo muito forte da indústria que comercializa quanto dos produtores rurais, a pulverização das substâncias previnem o aparecimento de pragas, insetos e deixam esteticamente o alimento mais bonito e apetitoso aos olhos, sem deixar de mencionar que o nível de perca dos alimentos é minimo.
A atenção com os alimentos não deve ser apenas para os In natura, exemplo simples é o pão francês, se foi utilizado na lavoura de trigo agrotóxicos, automaticamente o pão feito com essa matéria prima também chegará a mesa contaminado.
A Anvisa publicou uma lista com os principais alimentos contaminados, confiram.

ranking

CONSUMA ALIMENTOS ORGÂNICOS.

Prefira consumir alimentos orgânicos, muitos lugares dispõe de feiras da agricultura familiar orgânica, a principal queixa entre a população é o valor mais alto dos orgânicos em relação aos não orgânicos, contudo se colocado na balança a diferença de valores não é tão alta e os benefícios que estará recebendo inclui o não gasto com remédios e uma saúde de ferro, afinal Hipócrates em sua frase deixa bem claro: Que o alimento seja teu remédio”. Uma alternativa bacana é cultivar na própria residência, principalmente hortaliças e verduras, no próximo post vou dar dicas de como ter uma horta orgânica em casa.
Na intensão de estimular o consumo o IDEC lançou um mapa da localização das feiras orgânicas, segue o link.
Mapa de Feiras Orgânicas

Assim fica mais fácil saber se tem uma feira orgânica perto de você.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *