Chegando a Santiago, Chile!

Chegando a Santiago, Chile!

Post 1 de 7

Dia 23 de novembro de 2017 começou a aventura da #ViagemSemDestino!

Quem me acompanha sabe que amo viajar, não importa para onde! Costumo brincar que pode me chamar para qualquer lugar por qualquer meio de transporte, pois tratando-se de viagem, pra mim não tem tempo ruim! Foi aí que a Pocket Agency me desafiou a uma viagem de 7 dias, apenas com mala de mão, com pouco dinheiro, para provar que viajar É POSSÍVEL SIM!! O destino? Só ficaria sabendo com 7 dias de antecedência! Óbvio que topei!! 😂

O destino é Santiago no Chile 🇨🇱! Dia 23 às 21:25 decolou nosso voo (meu e de minha companheira dessa aventura, Lira) pela empresa GOL no aeroporto de Guarulhos em São Paulo!

Nos encontramos no aeroporto, e primeiramente tomamos aquele Starbucks, recebi uns presentinhos da “firma”, e passamos pegar nossos sim card’s de internet da EasySim4uU no guichê da Skill Sim, que fica quase no terminal 3 do aeroporto. Com esse sim chegaremos em Santiago com internet ilimitada!! 💃

Com sim’s na mão fomos para o embarque, passando por migração e todas essas coisas que envolvem um voo internacional. Eu estava viajando com meu passaporte, e Lira com identidade, já que minha carteira de identidade recentemente ultrapassou os 10 anos e sendo assim, não seria aceita (mas confesso que gosto de viajar com passaporte mesmo, para colecionar “carimbinhos” 😜).

Lembrando que para você poder viajar apenas com RG, o mesmo deve ter sido emitido a menos de 10 anos. Não vale carteira de motorista. Já para deixar registrado, os países para os quais brasileiros podem viajar apenas com RG são: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai.

Passando por todos esses estágios, logo entramos no avião. A viagem foi tranquila, com uma refeição, e o voo durou mais ou menos 3 horas e meia, bem rapidinho.

Chegando ao aeroporto precisamos trocar dinheiro, pois de acordo com minhas pesquisas, não valia a pena trocar reais por pesos chilenos no Brasil. Apesar que em Guarulhos pensei em trocar pelo menos o suficiente para chegarmos ao nosso apartamento do Airbnb, mas apenas a taxa para troca era de R$ 80,00! Sim! Apenas a taxa no Banco Safra, que fui informada, é o único no aeroporto de Guarulhos que troca moedas além de dólar e euro.

Enfim… agora vocês vão conhecer meu lado administradora, que AMA falar sobre dinheiro (inclusive, poderão acompanhar todo o financeiro dessa viagem aqui pelo blog), então vamos ao nosso primeiro Câmbio no Chile: trocamos R$ 100,00 (50,00 reais meu e 50,00 reais da Lira) com o peso valendo 180, o que seria equivalente a 18000 pesos. A taxa foi de 893 pesos (R$ 4,47), ficando então com 17107 pesos chilenos.

Assim que saímos da última inspeção de malas, encontramos 4 guichês de empresas de translado, optamos pela mais em conta que é uma das famosas empresas que fecham van. Pagamos 13800 pesos para nós duas (6900 por pessoa) pela empresa Delfos Transfer (R$ 34,50 por pessoa).  Muitas pessoas passam a informação desse “transporte coletivo” como um “contra”, por ter que esperar a van encher para que comece a percorrer o trajeto, mas no nosso caso foi super rápido, acredito que não esperamos nem 5 minutos, e fomos as primeiras a serem entregues na porta do prédio. Aprovadíssimo! O trajeto levou aproximadamente 20 minutos, uma distância de 18 km, lembrando que eram mais ou menos 2 horas da manhã aqui no Chile (1 hora a menos que no Brasil), por isso não pegamos transito algum.

Ao chegarmos no prédio, a portaria estava aberta e logo em seguida o Raúl – responsável pelo nosso apartamento do Airbnb – chegou!

O Raúl nos acompanhou até o apartamento, nos mostrou tudo o que precisávamos (clique aqui para conferir o apartamento), nos mostrou o quão seguro é a região que estamos (inclusive com departamento de polícia por perto), e ainda nos deu váaaarias dicas de passeios e lugares onde ir. Ao final do “bate-papo” nos levou até um mercado 24 horas virando a esquina, onde fizemos uma minúscula compra com nossa riqueza de  3310 pesos que havia restado do dinheiro trocado no aeroporto 😅.

Quer ganhar R$130,00 de desconto no aplicativo Airbnb??
É só inscrever-se clicando aqui!

Compramos uma água de 1600 ml, pão e requeijão, e ainda sobrou 640 pesos! Uhull 😅

Voltamos ao apartamento, e finalmente comemos e nos instalamos! Dormi aproximadamente às 5 da manhã aqui do Chile (6 horas no meu relógio biológico 😅). Amei essa chegada fora dos padrões!!

Espero que tenham gostado de acompanhar dessa forma nosso início de viagem! Deixe sua opinião nos comentários, ela é muito importante! Qualquer dúvida também… é só perguntar!!

Clique aqui para conferir a continuação. Confira como foi nosso primeiro dia conhecendo Santiago a pé!

Para acompanhar todas as minhas dicas em tempo real, é só ficar de olho nos Stories do Instagram @camilla.guerra 😉

Beijo da Cah!

CRÉDITOS

 Essa viagem faz parte do projeto #ViagemSemDestino. Ela relata experiências reais de uma viagem econômica. Todo o conteúdo, incluindo vídeos do YouTube foram produzidos pela equipe Camilla Guerra, com o suporte da empresa Pocket Agency.

23 thoughts on “Chegando a Santiago, Chile!

  1. Olá, estou pensando em ir para o Chile em Março de 2019.. Você fechou a viagem por conta ou foi por alguma agencia? Os passeios foram fechados no Brasil ou no Chile mesmo?

  2. Que Roteiro maravilhoso!
    O melhor q já li . Anotei tudooo. assisti todos os vlogs. Ganhou uma Fã !!!
    Mais Uma inscrita que te indica para todos. Irei viajar em agosto de 2019 se Deus quiser , irei seguir a risca todas as suas dicas . Você é MARAVILHOSA… Beijos!

    1. Ai meu Deus!! Que feedback maravilhoso!!! Muito obrigada!! Não tem ideia da satisfação que é saber que meu conteúdo está sendo útil!! Tenha uma ótima voagem, você vai amar!!! E qualquer dúvida, é só perguntar!! x**

    1. Obrigada Cris!!
      Fui pesquisar para te responder mas não achei o nome do bairro. Mas como é possível conferir no print do maps, é próximo ao Palácio La Moneda. Se Googlar esse local no maps encontra o bairro 😉

  3. Olá, muito bom o seus posts, gostaria de saber se além do pago pelo Airbnb teve que pagar a tal taxa de 19%?

    1. Obrigada Berg.
      Eu fiquei hospedada por parceria pelo blog, e de qualquer forma, como a viagem foi a um ano e meio, provavelmente algum valor pode ter mudado. Mas qual seria essa taxa? Nunca ouvi falar em taxa por porcentagem. Para algumas hospedagens no Airbnb você precisa pagar uma taxa de limpeza, mas isso varia de estabelecimentos para estabelecimento. Mas acredito que acessando o link do apartamento e perguntando ao Haul você conseguirá ter essa resposta. E se ainda não for cadastrado no Airbnb, aproveita meu link que está ali na lateral do blog pra ter 130 reais de desconto na primeira hospedagem!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *